O colégio de Médicos da Roménia condena as campanhas que denegrir a vacinação – Diário Galenus

   Uncategorized

Nas condições em que, anualmente, cerca de 3 milhões de pessoas são salvas devido à vacinação, o Colégio de Médicos na Roménia (CMR), que condena toda e qualquer campanha que é denegrido vacinação e suporta a sanção de todas as ações que podem ter consequências graves sobre a saúde da população em nosso país. CMR anuncia que ele suporta de imunização, a medida profilática com maior sucesso na história da medicina. Com um grande impacto na saúde pública em nível global, a vacinação leva para a prevenção de doenças infecciosas sérias, complicações ou mortes produzidas por eles.

A vacinação é um direito de cada criança

Ao longo dos anos, a vacinação contribuiu de forma decisiva para a redução da mortalidade e da morbidade por doenças infecciosas, e levou a um aumento da expectativa de vida, em todo o mundo. Os membros da CMR-se dizer que, no momento, uma cobertura de vacinação ideal e constante pode resultar na erradicação de doenças infecciosas transmissíveis. Além disso, a vacinação é um direito da criança, necessário para alcançar o melhor estado de saúde possível e a não ser exposta, no futuro, os perigos de algumas doenças infecciosas sérias.

“O romeno colégio de Médicos incentivou uma regulamentação jurídica sólida atividade de vacinação, a prestação de contas clara para todos os envolvidos, começando com as autoridades, o corpo do profissional médico, mas também representantes legais das crianças. O colégio de Médicos da Roménia quer essas responsabilidades como resultado, em primeiro lugar, a proteção de crianças, mas de adultos. Por esta razão, CMR condena toda e qualquer campanha que é denegrido vacinação e suporta a sanção de todas as ações que podem ter consequências graves sobre a saúde da população”, lê-se no comunicado de imprensa.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *