Um simples implante médico pode curar a diabetes! – Revista Galenus

   Uncategorized

Um implante do tamanho de um cartão de crédito pode ser a solução, tão esperado, para a cura da diabetes. O implante, o que é chamado de “o Sernova Célula Bolsa”, contém pequenos tubos injetados com células que produzem insulina. Ele é implantado sob a pele, os vasos sanguíneos crescem no interior e exterior da sua, e as células que estão amadurecendo. A partir dos testes, foi descoberto que o novo dispositivo torna-se basicamente de um corpo funcional que ajuda a controlar a glicose no sangue e produzem a insulina.

O dispositivo substitui a função do pâncreas

O dispositivo é construído de polímero e não afeta a saúde do paciente, afirmam pesquisadores norte-americanos, que salienta que um revestimento especial protege-lo de ataques do sistema imunológico. Na primeira fase, o dispositivo médico implantado na região da virilha, sob a pele. Segue-se um período de cerca de três semanas em torno do “novo pâncreas” começam a crescer vasos sanguíneos e tecidos.

Na fase seguinte, em tubulețele o dispositivo são injetados em células da ilhota. Um estudo da Universidade de Alberta, no Canadá realizados em ratos de laboratório mostram que, depois de apenas 100 dias após o implante do dispositivo, animais com diabetes nunca tive a necessidade de injeções de insulina. O dispositivo médico já está sendo testado em seres humanos da Universidade de Chicago (EUA), em sete pacientes diagnosticados com diabetes tipo 1. Os pesquisadores dizem que a nova invenção também pode ser utilizado para outras condições. No caso da hemofilia, o implante pode ser preenchido com as células, o que ajuda a manter o nível correto do Fator VIII, e no caso de sua parkinson injetados com células que produzem dopamina.

Fonte: dailymail.co.reino unido

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *