A Diabetes e a obesidade poderia ser curadas com uma simples injeção – Revista Galenus

   Uncategorized

Uma injeção poderia curar o diabetes tipo 2 e obesidade, de acordo com um estudo, após a realização de testes em ratos de laboratório. A pesquisa foi realizada por cientistas da Universidade Autónoma de Barcelona (Espanha) e foi coordenado pelo prof. Fàtima Bosch (foto). Uma única administração da injeção, que é composto de FGF21 (Fator de Crescimento de Fibroblastos 21), o que resultou na manipulação genética de fígado, tecido adiposo ou muscular esquelética, para produzir a proteína do FGF21. De acordo com o estudo, a injeção não tem efeitos colaterais.

O aumento da produção de FGF21 leva a uma diminuição no peso

Na esteira do aumento da produção do FGF21, terapia gênica, ratos de laboratório diminuição no peso e tinha uma resistência à insulina, muito menor. O estudo foi realizado em ratos com obesidade induzida pela dieta ou por mutação genética. Os autores da pesquisa apontaram que, quando foi administrado a ratos saudáveis, a terapia levou para um envelhecimento saudável e a prevenir o ganho de peso e resistência à insulina associada com a idade.

Nas condições em que os resultados vieram em seguir a manipulação genética de fígado, tecido adiposo ou muscular esquelético para produzir a proteína do FGF21, os cientistas são extremamente confiante. “Isso dá uma grande flexibilidade de terapia, porque oferece a possibilidade de selecção de tecidos de acordo com a necessidade e, especialmente, em caso de complicações. Quando um dos tecidos produzir a proteína do FGF21 e um segredo no sangue, ele será distribuído em todo o corpo”, disse o professor. Fàtima Bosch. O próximo passo é a realização de mais testes em animais maiores e, posteriormente, o início de ensaios clínicos em pacientes.

Fonte: www.uab.cat

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *