Gynera clínica oferece consultas gratuitas no mês de março – Revista Galenus

   Uncategorized

Doenças ginecológicas não tratada, o tabagismo, a alimentação e, em geral, um estilo de vida desequilibrado ir para a alarmante estatística de que a dizer que, em nosso país, um em cada cinco casais têm dificuldade em ter filhos. Médicos atrair a atenção que, na Roménia, muitas mulheres últimos 30 anos têm a reserva ovariana de uma pessoa muito mais velha. Além disso, muitas mulheres sofrem devido à instalação de menopausa precoce, mesmo antes da idade de 40 a 45 anos.

Para tornar-se ciente desses riscos, mas também para encontrar soluções, a Clínica de Fertilidade Gynera lançou a campanha “Encontrar o tempo e escolha com sabedoria!”. Um dos pontos importantes desta abordagem é representado pela oferta de consultas gratuitas, durante todo o mês de março de 2018, para cada paciente, que passa pela primeira vez o limiar da Clínica Gynera. Na consulta de graça, o que seria normalmente custam 350 lei, os pacientes terão parte do ultra-som para avaliação do sistema reprodutivo e a reserva ovariana de ovos, o aconselhamento relacionado a fatores de risco, estilo de vida, mas também em relação aos passos a serem seguidos a fim de se desenvolver.

Controle ginecológico anual, obrigatório para qualquer mulher

Médicos especialistas dizem que, para aumentar as chances de procriação, é necessária para que as mulheres a realizar anualmente um exame ginecológico.

“No âmbito da avaliação, também é muito importante exame de ultrassom que permite a visualização do útero e de detecção de certas irregularidades, tais como pólipos, sinechiile, formações fibromatous ou outros. Através de ultra-som, também podemos observar a aparência dos ovários e pode determinar o número de folículo antral, relevantes para a avaliação da fertilidade”, diz dr. Irina Oproiu, especialista em ginecologia-obstetrícia, com especialização Clínica de FERTILIZAÇÃO in vitro Gynera.

De acordo com um comunicado de imprensa remetidos para o escritório editorial, a partir de Gynera Clínica têm sido realizados, até agora, mais de 5.000 dos procedimentos de reprodução assistida. Estatisticamente, cerca de 30% dos problemas de infertilidade são diagnosticados em mulheres e 30% homens, 20% para ambos os parceiros, e em 20% dos casos, as causas não são conhecidas.

Para mais detalhes visite o site .

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *